Notícias

Governo prevê, para a primeira quinzena de Julho, lançamento do Censo da Piscicultura no Tocantins

25/06/2020 - Edvânia Peregrini/Governo do Tocantins

O presidente do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins) e secretário de Estado da Agricultura, Pecuária e Aquicultura, Thiago Dourado, acompanhado da equipe do órgão rural, entregou, na manhã desta quinta-feira, 25, ao secretário da Indústria e Comércio e presidente do Conselho de Desenvolvimento Econômico (CDE), Tom Lyra, o livro Censo da Piscicultura no Tocantins, realizado pelo Governo do Tocantins, por meio do Ruraltins, com recursos do CDE /TO, e apoio da Embrapa Pesca e Aquicultura. Na ocasião, os gestores ajustaram, para a primeira quinzena de Julho, o lançamento desse estudo, junto ao Governo do Estado, que tanto tem se empenhando em fomentar e fortalecer a cadeia produtiva da piscicultura tocantinense.

"Este levantamento é muito importante para o Estado pois vem com o objetivo de mapear, identificar, classificar e caracterizar a produção de pescados no Tocantins, traçando o perfil da produção dos produtores e das propriedades", reforçou o gestor Thiago Dourado.

Para o secretário da Sics, Tom Lyra, a oportunidade de lançar esse material vem ao encontro do empenho do Governo em incentivar a piscicultura no Tocantins, levando informações à sociedade, como forma de atrair investidores para o setor.

Participaram da reunião o vice-presidente do órgão José Aníbal Lamattina, o diretor de Assistência Técnica e Extensão Rural, Kin Gomides; o gerente de Pesca e Aquicultura do Ruraltins, Andrey Costa e o gerente de sistemas produtivos da Sics, Marcondes Martins.

Censo da Piscicultura

Com orçamento em torno de R$ 350 mil, com recursos oriundos do Fundo de Desenvolvimento Econômico e aprovado pelo Conselho de Desenvolvimento Econômico (CDE), os dados coletados no Censo servirão de subsídios para elaboração do Plano de Desenvolvimento da Piscicultura do Estado do Tocantins, plano este que tem o propósito de alavancar o crescimento da atividade no estado, fazendo com que se posicione, no prazo de 10 anos, entre os cinco maiores produtores de pescado do Brasil. Atualmente, o Tocantins, em se tratando de produção, ocupa o 17º lugar no ranking nacional.

O levantamento foi realizado em 2018, por 130 técnicos do órgão em todas as regiões do Estado, tendo como referência o ano de 2017. O Censo apontou que a cadeia produtiva da piscicultura está presente em 117 municípios do estado, tendo como maior produtor de peixes o município de Almas, com 8,3 mil toneladas/ano, seguido por Dianópolis, 1,1 mil toneladas, e Porto Nacional com 1,08 mil toneladas/ano. O setor movimenta R$ 92,8 milhões ao ano.