Notícias

Ruraltins participa de discussões sobre Arranjo Produtivo Local do Pequi

25/07/2019 - Lúcia Brito/Governo do Tocantins

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Indústria Comercio e Serviços, Secretaria da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro) e Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins, em parceria com setores produtivos do Estado e gestores municipais, trabalha para reestruturar o Arranjo Produtivo Local (APL) do Pequi. Nesse sentido, representantes de cada órgão se reuniram na tarde desta quinta-feira, 25, para discutirem as formas de agregar valor ao produto para fins de exportação, a principio aos países que compõem a União Europeia, visando atender a uma demanda de milhões de brasileiros que moram fora do Brasil. 

Na oportunidade foi detalhado todo o potencial de exploração do pequi, em busca de inovações para alavancar esse arranjo produtivo. A ideia é que todo processamento seja feito por meio de agroindústrias, inicialmente em Brejinho de Nazaré e Guarai, proporcionando a capacitação de produtores locais. De sabor marcante, do pequi pode ser extraído o óleo, a polpa e a castanha, além da fabricação de farinha, licor, dentre outras formas.  

O presidente do Ruraltins, Thiago Dourado, participou das discussões considerando oportunas para que haja a evolução da cadeia produtiva e que possibilite oportunidades de geração de emprego e renda no campo, principalmente entre os pequenos produtores, além de movimentar a economia nos municípios. 

O pequi é uma árvore nativa do cerrado e de grande valor nutricional sendo rico em vitamina A e potássio. A época de produção vai de novembro a janeiro.

Um novo encontro deverá acontecer em breve para definição das responsabilidades de cada órgão no processo evolutivo da cadeia do Pequi.

Participantes

Participaram também das discussões as prefeituras de Brejinho de Nazaré e Guaraí, Secretaria do Trabalho e Ação Social (Setas), Organização das Cooperativas Brasileiras do Tocantins (OCB/Sescoop) e empresários ligados a atividade.