Notícias

Termo de cooperação técnica beneficia produtores rurais de Ponte Alta do Tocantins

17/04/2019 - Lúcia Brito/Governo do Tocantins

Com o objetivo de fortalecer os serviços de assistência técnica e extensão rural junto aos pequenos produtores rurais, o presidente do Ruraltins, Fernando Silveira, e o prefeito Kleber Rodrigues, de Ponte Alta do Tocantins, assinaram nesta quarta-feira, 17, na sede central do órgão em Palmas, um Termo de Cooperação Técnica.

Por meio da parceria, o Ruraltins  irá promover em Ponte Alta do Tocantins, capacitações aos agricultores familiares, difundir novas tecnologias, viabilizar acesso aos programas e politicas públicas, que estimulem o desenvolvimento rural sustentável, bem como apoiar a implantação do Serviço de Inspeção Municipal (SIM).  

“Esse termo chega no sentido de promover uma integração maior entre  o município e a  extensão rural, que já se faz presente na localidade, com o trabalho desenvolvido pelo escritório local. Com o apoio administrativo da prefeitura vamos equacionar a demanda de profissionais para abranger, dentro do que for programado, as áreas de produção apontadas como prioritárias”, disse Fernando Silveira, complementando que os serviços de assistencia tecnica e extensão rural seguirão o Plano de Trabalho Anual, do municipio. 

Para o prefeito, Kleber Rodrigues, o contrato é de suma importância para o município que tem sua economia baseada na produção rural.  

“Com apoio do Ruraltins, já executamos com muito êxito o Programa de Aquisição de Alimentos, que nos dá um refresco muito grande na merenda escolar, e queremos progredir cada vez mais com essa parceria, ora firmada. Pois os técnicos levarão, principalmente aos pequenos produtores, as orientações necessárias, com intuito de aumentar a qualidade e a quantidade dos produtos ofertados, gerando renda e riquezas para as famílias assistidas, numa região que tem tudo para se desenvolver no setor do agronegócio”, avaliou o gestor.

O termo de cooperação técnica terá vigência de quatro anos, a contar da data de sua publicação, cabendo ao municipio disponibilizar espaço físico para funcionamento da unidade local de execução de serviços, do Ruraltins, com energia elétrica, água e esgoto.