Notícias

Agrosudeste é referencia para classe produtora e escolas da região sudeste do Tocantins

11/04/2019 - Lúcia Brito/Governo do Tocantins

Com a presença de produtores rurais, técnicos, estudantes, lideranças e autoridades, foi aberta nesta quinta-feira, 11, a V Feira Agrotecnológica da Região Sudeste do Tocantins (Agrosudeste).  O evento, que tem por objetivo apresentar novas tecnologias de produção sustentáveis voltadas ás praticas agricolas, prossegue até sábado,13 de abril, no Colégio Agropecuário de Almas, a 276 km de Palmas. 

O presidente do Institituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins ( Ruraltins), Fernando Silveira, prestigiou o inicio das atividades e na oportunidade ressaltou a importância da feira para o municipio bem como para a classe estudantil. "A Agrosudeste está aqui oferecendo para vocês práticas agropecuárias, experiencias concretas e viáveis, que reforçam a aprendizagem.  Estou vendo aqui vários indicadores de progresso que privilegia atividades focadas no produtor rural e no ensino aprendizagem, esse é o diferencial desse evento, pois leva em conta muitos fatores", frisou.

Para a  Secretária Estadual de Educação, Adriana Aguiar, a Feira  se tornou um laboratório para as escolas pois proporciona o acesso as tecnologias diretamente com os profissionais da área, produtores rurais, fornecedores e empresários. " Dificilmente nossos alunos teriam essa oportunidade sem esse espaço de aprendizagem. Iniciativas como essa  vamos promover juntamente com outras pastas observando esse modelo de integração com as escolas", avaliou. 

O técnico do Ruraltins, em Almas, João Filho, coordenador da Agrosudeste, em seu discurso, agradeceu aos parceiros e patrocinadores destacando os avanços do evento ao longo dos cinco anos de realização. " A Agrosudeste se consolidou como um evento técnico, com ampla programação voltada aos vários segmentos do agronegócio. Já passamos pelo manejo do solo, formação de pastagem, integração, lavoura, pecuária, agricultura de baixa emissão de carbono e mandiocultura. Nesta edição, focamos na bovinocultura, piscicultura e fruticultura. Essas atividades são importantes fontes geradoras de riquezas para a região", frisou.

Teodomiro  Mendes Sousa, produtor rural da Fazenda Guará, em Almas, disse que a cada ano a Agrosudeste supera suas expectativas. " É muito bom participar. Aqui adquiro  conhecimentos e tenho todo apoio dos técnicos do Ruraltins. A feira nos dá a possibilidade de comercializar nossos animais, no meu caso as ovelhas, que dessa vez só trouxe para expor mesmo", avaliou.  

Estiveram participando ainda da abertura do evento , o secretário de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semanh), Leonardo Cintra,o diretor de Adminsitração e Finanças da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Aquicultura, Ezio Silva, no ato representando o secretário Cesar Halun, o diretor de assistencia técnica e extensão rural, do Ruraltins, Kin Gomides, o diretor de empreendedorismo, Danilo Azevedo, além de técnicos do Ruraltins de Palmas, Taguatinga, Natividade e de Araguaina. Representantes da comunidade quilombola Poço Dantas, também prestigiaram a Feira com apresentações de danças regionais.

Bovinocultura

No primeiro dia da Agrosudeste foi realizado o dia de campo da bovinocultura, com estações sobre sistema intensivo de produção de carne,  cercas elétricas rurais, integração, lavoura, pecuária, controle de plantas daninhas em pastagens, e pratica sobre fertilidade do solo para altas produtividades. A programação trouxe ainda o circuito da pecuária sustentável,  com palestras voltadas para a atividade. 

O Ruraltins que presta assistência técnica aos produtores rurais conduzirá o dia de campo da piscicultura, no Frigorifico Pescado Piracema, nesta sexta-feira, 12. No Projeto Manoel Alves, coordenará um dia de campo sobre fruticultura, no sábado, 13,  encerrando assim a programação de campo da Agrosudeste. 
Além das ações de campo a feira traz uma programação permanente com Unidades Demonstrativas de Aquaponia, Sisteminha Embrapa e Meliponicultura (criação de abelhas sem ferrão), supervisionadas por técnicos do Ruraltins de  Araguaina e Natividade.

A Agrosudeste  conta ainda com cerca de 60 expositores das áreas de máquinas e equipamentos agrícolas, produtos de pesca, exposição de animais, como touros, ovinos e caprinos, produtos da agricultura familiar, com vitrines voltadas para peças artesanais e comidas típicas. Dentro das atividades os visitantes contam ainda com apresentações culturais das escolas estaduais, municipais e Instituto Federal do Tocantins (IFTO).

Realização

A 5ª edição da Agrosudeste é coordenada pelo Governo do Estado,  por meio do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins) e das Secretarias da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro), da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), bem como pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Prefeitura Municipal de Almas, Central das Associações de Almas e Porto Alegre e Colégio Agrícola de Almas, com apoio de parceiros e instituições privadas.