Notícias

Ruraltins promove plantio de árvores nativas na cabeceira do Córrego Sussuapara

07/03/2019 - Lúcia Brito/Governo do Tocantins

Por meio do programa Restaura TO, que visa a restauração de áreas de reserva legal dentro do Estado, foi realizada na manhã desta quinta-feira (7), em Palmas, uma ação de reflorestamento da cabeceira do Córrego Sussuapara. Na ocasião foram plantadas diversas mudas de árvores nativas do cerrado.  A ação foi coordenada pelo engenheiro florestal do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins ( Ruraltins), Ricardo Haidar, em conjunto com o Instituto de Meio Ambiente de Palmas.

Nesta sexta-feira (8), no mesmo local, haverá o plantio de sementes de espécies arbóreas, como também sementes de espécies agrícolas.

“É uma ação que geralmente realizamos nas propriedades rurais, mas, dessa vez, estamos fazendo dentro de um parque urbano, em Palmas, como forma de recuperar a cabeceira do Córrego Sussuapara. Todas as sementes são nativas e retiradas do nosso banco de germoplasma existente no Ruraltins. São sementes coletadas, armazenadas e beneficiadas”, explica o engenheiro.

Restaura

O Restaura TO, desenvolvido desde 2017, pelo Ruraltins em parceria com diversas instituições, tem como foco a restauração ecológica e econômica de áreas degradadas e alteradas no Tocantins, por meio do uso racional da flora e da cobertura de vegetação nativa.

O recurso estimado para execução das metas propostas no plano de trabalho do projeto gira em torno de R$ 900 mil. Esse recurso possibilitará a ampliação das atividades que beneficiarão aproximadamente 20 hectares de áreas degradadas, como também a ampliação do banco de germoplasma, que já conta com mais de 500 mil sementes de 60 espécies arbóreas, instalação, manutenção e monitoramento de 20 Módulos Demonstrativo de Restauração (MDR), além da capacitação de produtores e técnicos, por meio de cursos de produção de mudas, plantio e manutenção das áreas e monitoramento das ações. A proposta prevê ainda a aquisição de bens e equipamentos que fortalecerão as ações de assistência técnica e extensão rural, na região central do Estado.