Notícias

Produtores ressaltam conquistas com execução do Projeto Inovação no Campo

12/12/2019 - Edvânia Peregrini/Governo do Tocantins

O projeto Inovação no Campo, desenvolvido pela parceria do Governo do Estado, por meio do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), e com a Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater) está beneficiando famílias rurais em todo o Estado. Para finalizar os trabalhos de assistência técnica e extensão rural deste ano, uma equipe do Instituto está realizando reuniões de monitoramento nas regionais. Nesta quinta-feira, 12 a equipe está em Miracema, região metropolitana de Palmas.

Para o gerente de Monitoramento, Gilberto Marques de Paula, “as reuniões estão sendo importantes por aproximar a Central das ULES [Unidades Local de Execução de Serviços] na busca de soluções para os entraves das execuções das atividades e continuar melhorando os resultados dos produtores rurais do Tocantins”.

Além da reunião para alinhar os trabalhos, a equipe também está expondo os casos de sucessos, resultados dos trabalhos desenvolvidos pelos extensionistas das regionais. Produtores relatam as suas conquistas como melhoria na qualidade de vida, investimentos na pecuária e aquisição de equipamentos.

Regional de Paraíso do Tocantins

A regional de Paraíso do Tocantins apresentou os resultados das propriedades assistidas e que são referências na execução do Projeto Inovação no Campo.

A Fazenda Ponta da Serra, dos produtores Camilo Francisco Lacerda, 61 anos, e Silma Marçal Marques, 50 anos, localizada na região do Vão do São Jorge, a 20 km de Paraíso; possui uma área total de 55.16 ha, e atualmente trabalha com a diversidade de produção, como a criação de matrizes bovinas de leite, corte, mandioca, citros, plantios de café, abacaxi e planta nativa do estado do Pará, o Paricá.

Com o apoio do Ruraltins, foi implantada na propriedade uma Unidade de Referência Tecnológica (URT) de mandioca, que ainda está em desenvolvimento vegetativo. Os produtores comercializam seus produtos na feira do produtor rural da cidade.

Já no Assentamento Consolação, localizado em Divinópolis (TO), a produtora Francisca Sulenilde também é referência de produção. Atendida pelos extensionistas Fernanda Araújo e Paulo José dos Santos, do Escritório Local do município, ela desenvolve diversas atividades produtivas, com destaque para a criação e abate de frangos caipira e melhorado; criação de peixe em tanque; e ainda os cultivos de milho irrigado em escala de produção, maracujá e coco de praia.

“A partir da experiência que eu já tinha e com as instruções da assistência técnica do Ruraltins eu pude inovar mais na minha criação de aves e até mesmo no cultivo dos produtos agrícolas, e com isso comercializar meus produtos”, ressaltou Francisca Sulenilde, acrescentando ainda que consegue comercializar seus produtos nas feiras da cidade e também participa do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

Regional de Porto Nacional

Pela regional de Porto Nacional, o projeto Inovação no Campo traz como destaque a assistência técnica desenvolvida na Fazenda Progresso, situada em Aparecida do Rio Negro. Na propriedade, o produtor Manoel Ozias Araújo Cunha trabalha com gado de corte, banana irrigada e produção de rapadura.

O agricultor familiar Manoel Ozias relata as conquistas após o acompanhamento técnico: “Através das orientações do Ruraltins o nosso trabalho possibilitou trazer o nosso filho para perto de nós e hoje produzimos rapadura de boa qualidade, e que tem boa aceitação no mercado, também produzimos banana. Com o auxílio do Ruraltins conseguimos entregar nossos produtos ao Compra Direta [PAA], e ainda financiamos um trator no Basa [Banco do Amazônia], pelo Programa Mais Alimento, esse trator nos incentivou a produzir cada vez mais, temos mandioca, além da cana de açúcar e, por meio do Pronaf, fizemos a compra de gado, tudo isso o Ruraltins tem nos ajudado”, ressaltou.

Cronograma

Na terça-feira, 10, o monitoramento do Projeto Inovação no Campo foi em Paraíso do Tocantins, na quarta, 11 a equipe esteve em Porto Nacional e, para finalizar os trabalhos, na próxima semana, dia 17 em Taguatinga; e 19 em Gurupi.

O primeiro encontro ocorreu nos dias 3 e 4, na regional do Ruraltins de Araguatins e Araguaina, no norte do Estado.