Notícias

Ruraltins prestigia Festa da Mangaba

11/11/2017 - Lúcia Brito/Governo do Tocantins

A cidade de Goianorte, a 280 km de Palmas, sediou neste sábado (11), a V Festa da Mangaba, que tem por objetivo a preservação da mangabeira como alternativa de renda para os agricultores, além de incentivar o plantio e o consumo dessa fruta típica do cerrado tocantinense.

O encontro, realizado pelo Instituto Mangaba, contou com apoio do Governo do Estado, por meio do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins) e da Secretaria do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro).

O presidente do Ruraltins, Pedro Dias, esteve presente no evento, e durante a solenidade de abertura das atividades, ressaltou as ações desenvolvidas para atender as demandas dos agricultores da região, no sentido de melhorar o potencial produtivo das propriedades rurais.

“Estamos melhorando a estrutura do Ruraltins, no município, efetivando nosso escritório local. Sabemos que a demanda existente mostra que Goianorte vem crescendo economicamente e socialmente, em todos os aspectos. E se existe essa demanda, precisamos estar presentes e dar condições de trabalho aos técnicos para atender os agricultores familiares. O papel da extensão rural é estar perto das famílias que trabalham no campo, é alertar no sentido de melhorar sua renda e sua vida. Para isso, temos que capacitar e orientar, não só na produção, como também a vender bem os seus produtos. Em todo Estado são vários os exemplos de produtores que melhoraram as condições de vida, devido à presença do Ruraltins. Em Goianorte não será diferente”, avaliou o presidente.

Aproveitando o momento, o prefeito de Goianorte, Luciano Pereira, reconheceu o empenho do Governo do Estado em trazer melhorias ao setor agrícola da região.

“Quero destacar que neste ano R$ 400 mil foram aplicados no programa Compra Direta, em Goianorte, com o trabalho da extensão rural. Agradecemos a consideração do Ruraltins em trazer a assistência técnica para perto dos agricultores familiares, por meio da efetivação do escritório local”, frisou o gestor.

Na ocasião, o subsecretário da Seagro, Ronison Parente, observou que será feito uma ação conjunta para que seja implantado no município um viveiro de mudas, destinado ao cultivo da mangaba.

”Vamos unir esforços para instituir um viveiro de mudas, e transforma-lo em um instrumento muito forte de desenvolvimento do cultivo da mangaba, como forma de sustentação das pessoas, além de alavancar a economia de Goianorte e região”, disse.

O presidente do Instituto Mangaba, Raimundo Farias, agradeceu o apoio do governo, sempre presente nas ações da festa da mangaba.

“Há cinco anos trabalhamos para alavancar a estrutura da mangaba não só em Goianorte, mas em todo estado, contando com parcerias tão importantes, ao longo desse período. Buscamos cada vez mais fortalecer o cultivo do fruto e a preservação ambiental na região. Diante dessas necessidades, nossa luta também é para construir uma sede própria do Instituto, e para isso, buscaremos o apoio de todos”, defendeu o presidente.

Participantes

A V Festa da Mangaba contou ainda com a participação do diretor de empreendedorismo rural do Ruraltins, Adenieux Rosa Santana, da extensionista rural, Francisca Helena Roseno, chefe do escritório do Ruraltins de Caseara, do extensionista, Nilson Sá, responsável pelo atendimento em Goianorte, e da diretora de Sociobiodiversidade da Seagro, Marta Barbosa, além de agricultores, estudantes, professores e da população local.

Produtos da mangaba

Durante o evento foram comercializados produtos in natura e derivados da mangaba, como geleias, compotas, licores, doces, suco, sorvetes e bolos.

A mangabeira é uma das espécies frutíferas mais importantes do bioma Cerrado. A fruta é rica em ferro e conta com boa quantidade de vitamina C.

Compartilhe esta notícia